Serviço de aconselhamento genético e políticas públicas: as demandas relativas à vulnerabilidade social

Genetic counseling service and public policies: the demands related to social vulnerability

Authors

  • Gabriela Sardagna
  • José Felipe de Azevedo Neto
  • Jefferson Olivatto da Silva

Keywords:

políticas públicas, sus, vulnerabilidade social.

Abstract

Este artigo busca mapear o usuário do Serviço de Aconselhamento Genético (SAG-UEL), responsável por fornecer ao público da região de Londrina-PR um serviço competente, humanizado e responsável a que se refere ao aconselhamento genético. Foram analisados 63 casos atendidos no período de 2020 à 2021. A partir disso, mapeou-se as demandas genéticas mais recorrentes e se fez uma correlação do aspecto étnico-racial e da vulnerabilidade social dos usuários. Foi evidenciada a prevalência de alterações genéticas de mosaicismo, cardiopatia ou criptorquidia e de desenvolvimento neuropsicomotor correlacionadas a maior percentagem de usuários encaminhados que se autodeclaram brancos (69,26%) e vivem com até 2 salários mínimos (55,7%). Ainda, deve-se considerar a limitação da amostragem aos encaminhamentos realizados no período pandêmico e na região de Londrina/PR. Doravante, pretende-se fornecer conteúdo que avalie o alcance das políticas públicas com base na delimitação do público de usuários.

Published

2022-03-04

How to Cite

SARDAGNA, G. .; NETO, J. F. de A. .; DA SILVA, J. O. . Serviço de aconselhamento genético e políticas públicas: as demandas relativas à vulnerabilidade social: Genetic counseling service and public policies: the demands related to social vulnerability. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 105–111, 2022. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/914. Acesso em: 22 jun. 2024.