Terapia miofuncional orofacial intensiva remota na desordem temporomandibular: relato de caso

Authors

  • Mariana Gomes Almeida
  • Juliana de Almeida Oliveira
  • Thiffany Lopes da Silva
  • Marcelo de Morais Curado
  • Ana Paula Medeiros Ceniz

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv5n1-033

Keywords:

fonoaudiologia, desordem temporomandibular, terapia intensiva, terapia miofuncional orofacial, telemedicina

Abstract

A Desordem Temporomandibular (DTM) é caracterizada pela modificação no funcionamento habitual da Articulação Temporomandibular, causando desconforto ao indivíduo. Este estudo tem como objetivo, descrever a evolução de um caso de um paciente portador de DTM, tratado com terapia miofuncional orofacial (TMO) intensiva realizada por teleconsulta. Foi selecionado um indivíduo do gênero feminino, que apresentou DTM articular e muscular associada à dor miogênica (segundo o DC/TMD), com 21 an3os de idade. Este foi submetido à avaliação miofuncional orofacial com o AMIOFE-A e avaliação dos sintomas pelo protocolo ProDTMMulti. Após a avaliação, o indivíduo foi submetido à um protocolo de terapia miofuncional orofacial composta por 12 sessões, em 12 dias consecutivos, sob monitoramento da fonoaudióloga, pela plataforma Zoom. Após as 12 sessões, o indivíduo foi reavaliado e observou-se: redução os sintomas de DTM e a sensibilidade à palpação. Além disso, promoveram modificações favoráveis com relação às funções e estruturas estomatognáticas. Concluiu-se que a TMO intensiva remota mostrou-se uma opção eficiente na reabilitação do indivíduo portador de DTM selecionado na amostra.

References

GPT-9 Glossary of Prosthodontics Terms, Edition 9, J Prosthet Dent 2017; Vol.117: 1-106.

Berretta F, Stefani FM, Freitas MS, Scharlach RC, Porporatti AL, Souza BDM, et al. Atuação fonoaudiológica nas disfunções temporomandibulares: um relato de experiência. Revista Eletrônica de Extensão 2018; 15:182-192.

Melo RA, de Resende CMBM, Rêgo CRF, Bispo ASL, Barbosa GAS, de Almeida EO. Conservative therapies to treat pain and anxiety associated with temporomandibular disorders: a randomized clinical trial. Int Dent J 2020;70(4):245–53.

de Felício CM, de Oliveira MM, da Silva MA. Effects of orofacial myofunctional therapy on temporomandibular disorders. Cranio. 2010;28(4):249-59.

Oliveira IC, Vaz DC, Carvalho AFL. Fragilidades e potencialidades do trabalho fonoaudiológico em ambiente virtual em tempo de pandemia de Covid-19 (SARS-CoV-2). Rev. Ciênc. Méd. Biol. 2020; p. 553-559.

Dimer NA, Canto-Soares N, Santos-Teixeira L, Goulart BNG. The COVID-19 pandemic and the implementation of telehealth in speech-language and hearing therapy for patients at home: an experience report. CoDAS 2020; 32(3):e20200144.

Dworkin SF, LeResche L: Research diagnostic criteria for temporomandibular disorders: Review, criteria, examinations and specifications, critique. J Craniomandib Disord Facial Oral Pain 1992; 6:301-355.

Felício CM, Ferreira CLP: Protocol of orofacial myofunctional evaluation with scores. Int J Pediatr Otorhinolaryngol 2008; 72:367-375.

Felício CM, Mazzetto MO, Da Silva, MAR, Bataglion C, Hotta TH: A preliminary protocol for multi-professional centers for the determination of signs and symptoms of temporomandibular disorders. J Craniomandib Pract 2006; 24:258-264.

Felício CM, Machado BCZ. Plano terapêutico fonoaudiológico (PTF) para Desordem Temporomandibular. In: Pró-Fono (Org). Planos Terapêuticos Fonoaudiológicos (PTFs). Barueri: Pró-Fono; 2012;p.469-472.

Melis M, Di Giosia M, Zawawi KH. Oral myofunctional therapy for the treatment of temporomandibular disorders: A systematic review. Cranio. 2019;17:1–7.

Pirola MP, Souza LB, Coelho AC. Fonoterapia intensiva em paciente com fissura de palato submucosa – relato de caso. Rev. Distúrb Comun. 2021; 33(2): 231-238.

Sena TS, Castelo Branco GMPC, Farias RRS de. Phonoaudiological rehabilitation of the patient with COVID-19: An integrative review. Research, Society and Development 2021; 10(8):e13610817154.

Nilson LG, Maeyama MA, Dolny LL, Boing AF, Calvo MCM. Telessaúde: da implantação ao entendimento como tecnologia social. RBTS 2018; p. 33-47.

Vieira RGM, Ferraz LM, Cordeiro AAA. Orientação fonoaudiológica remota: acompanhamento de usuários de implante coclear no pós-operatório imediato. Rev CEFAC 2020; 22(5):e1120.

Published

2024-03-11

How to Cite

ALMEIDA, M. G.; OLIVEIRA, J. de A.; SILVA, T. L. da; CURADO, M. de M.; CENIZ, A. P. M. Terapia miofuncional orofacial intensiva remota na desordem temporomandibular: relato de caso. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 353–364, 2024. DOI: 10.46919/archv5n1-033. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/1604. Acesso em: 19 apr. 2024.