Fatores maternos relacionados à realização de cesariana em pacientes de baixo risco gestacional

Authors

  • Larissa Cano de Oliveira
  • Guilherme Lavorenti Lima
  • Rodrigo Ribeiro e Silva
  • Matheus Leite Ramos de Souza
  • Felipe Farah
  • Carla Gisele Vaichulonis
  • Jean Carl Silva

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv4n3-009

Keywords:

caso-controle, cesarea, complicações da gravidez, cuidado pré-natal

Abstract

Objetivo: Avaliar os fatores relacionados ao aumento de chance de realização de cesarianas em pacientes de baixo risco gestacional. Métodos: Trata-se de um estudo caso-controle, realizado na Maternidade Darcy Vargas, em Joinville – SC, entre março de 2018 e fevereiro de 2019. A amostra incluiu 656 puérperas maiores de 18 anos que realizaram o pré-natal exclusivamente em Atenção Primária à Saúde, selecionadas através de randomização. Foram, então, divididas em 2 grupos conforme o desfecho da gestação atual: pacientes submetidas à cesariana e pacientes que tiveram parto vaginal. Valores de p<0,05 foram considerados significativos. Resultados: Os grupos diferiram quanto à idade, à escolaridade a nível de Ensino Superior e à idade da primeira gestação. Os recém-nascidos de cesariana e via vaginal destoaram no que tange à prematuridade, ao peso e à admissão em UTI neonatal. Após o cálculo de razão de chance, notou-se que idade superior a 35 anos (RC 2,314; p=0,002), Ensino Superior (RC 2,165; p=0,001) e cesariana prévia (RC 10,538; p<0,001) aumentaram a chance de via alta de parto, enquanto Ensino Primário (RC 0,260; p=0,015) reduziu. Conclusão: A idade superior a 35 anos e o Ensino Superior elevam em mais de duas vezes as chances de cesariana, já cicatriz uterina prévia eleva em mais de dez vezes a chance desse procedimento. A Educação Primária reduziu em 4 vezes a via alta de parto. Não se encontrou significância nas demais variáveis.

References

Vilela AC, Nazario NO, Nunes RD. ESTUDO COMPARATIVO DOS RESULTADOS MATERNOS E NEONATAIS ENTRE CESARIANA ELETIVA E CESARIANA DE EMERGÊNCIA. Arq Catarin Med. 2019;48(4):140-151.

Godinho A de S, Santos MCO, Deus MHA, et al. Fatores associados ao tipo de parto na rede pública de Patos de Minas – MG. Brazilian J Heal Rev. 2020;3(2):2383-2394. doi:10.34119/bjhrv3n2-088 DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n2-088

Santos DAG dos, Souza LS de, Zorzim VI, Berger AZ. INDICAÇÕES DE PARTO CESÁREA EM UM HOSPITAL COM POLÍTICA DE REDUÇÃO INDICATIONS. Cad Ciência e Saúde. 2016;6(1):111-119.

Rothstein JR, Secco AC, Souza R, et al. PROPORÇÃO DE CESARIANAS SEGUNDO COR DA PELE E ESCOLARIDADE MATERNA NAS DIFERENTES REGIÕES DO BRASIL: TENDÊNCIA TEMPORAL DE 2007 A 2016. Rev Univap. 2019;25(49):116-129. DOI: https://doi.org/10.18066/revistaunivap.v25i49.2224

Marian DC, Barros AG da S, Flach JK, Freitas PF, Kretzer MR. Evolução temporal dos partos cesáreos e dos fatores maternos associados no Brasil no período de 2000 a 2015. Med Branca. Published online 2018. doi:http://www.riuni.unisul.br/handle/12345/6406

Oliveira RR De, Melo EC, Novaes ES, Ferracioli PLRV, Mathias TA de F. Factors associated to Caesarean delivery in public and private health care systems. Rev da Esc Enferm da USP. 2016;50(5):733-740. doi:10.1590/s0080-623420160000600004 DOI: https://doi.org/10.1590/s0080-623420160000600004

Silva AP da, Romero RT, Bragantine A, Barbieri AADM, Lago MTG. As indicações de cesáreas no Brasil: uma revisão de literatura integrativa. Rev Eletrônica Acervo Saúde. 2019;(24):e624. doi:10.25248/reas.e624.2019 DOI: https://doi.org/10.25248/reas.e624.2019

Saraiva JM, Gouveia HG, Gonçalves A de C. Fatores associados a cesáreas em um hospital universitário de alta complexidade do sul do Brasil. Rev Gaúcha Enferm. 2018;38(3):e69141. doi:10.1590/1983-1447.2017.03.69141 DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2017.03.69141

Vale LD, Lucena EE de S, Holanda CSM de, Cavalcante RD, Santos MM dos. Preference and factors associated with the type of delivery among new mothers in a public maternity hospital. Rev Gaúcha Enferm. 2015;36(3):86-92. doi:10.1590/1983-1447.2015.03.50032 DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2015.03.50032

Rasador S, Abegg C. Factors associated with the route of birth delivery in a city in the Northeast region in the State of Rio Grande do Sul, Brazil. Rev Bras Saúde Matern Infant. 2019;19(4):797-805. doi:10.1590/1806-93042019000400004 DOI: https://doi.org/10.1590/1806-93042019000400004

Lavado MM, Silveira CD, Carniel D, et al. FATORES ASSOCIADOS À VIA DE PARTO ATUAL EM MULHERES COM CESARIANA PRÉVIA. Arq Catarin Med. 2015;44(3):11- 22.

Paes LB de O, Soler ZASG. Nascer de cesárea em microrregião paulista: associação com características sociodemográficas. Enferm Bras. 2019;18(2):242. doi:10.33233/eb.v18i2.2814 DOI: https://doi.org/10.33233/eb.v18i2.2814

Novo JLVG, Pellicciari CR, Camargo L de A, Bálsamo SB, Novo NF. Indicações de partos cesáreos em hospitais de atendimento ao Sistema Único de Saúde: baixo e alto riscos. Rev da Fac Ciências Médicas Sorocaba. 2017;19(2):67-71. doi:10.23925/1984-4840.2017v19i2a4 DOI: https://doi.org/10.23925/1984-4840.2017v19i2a4

Guimarães RM, Silva RLPD, Dutra VGP, et al. Factors associated to the type of childbirth in public and private hospitals in Brazil. Rev Bras Saúde Matern Infant. 2017;17(3):571-580. doi:10.1590/1806-93042017000300009 DOI: https://doi.org/10.1590/1806-93042017000300009

Ferrari AP, Carvalhaes MA de BL, Parada CMG de L. Associação entre pré-natal e parto na rede de saúde suplementar e cesárea eletiva. Rev Bras Epidemiol. 2016;19(1):75-88. doi:10.1590/1980-5497201600010007 DOI: https://doi.org/10.1590/1980-5497201600010007

Pádua KS de, Osis MJD, Faúndes A, Barbosa AH, Moraes Filho OB. Fatores associados à realização de cesariana em hospitais brasileiros. Rev Saude Publica. 2010;44(1):70-79. doi:10.1590/S0034-89102010000100008 DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-89102010000100008

Freitas PF, Fernandes TMB. Associação entre fatores institucionais, perfil da assistência ao parto e as taxas de cesariana em Santa Catarina. Rev Bras Epidemiol. 2016;19(3):525-538. doi:10.1590/1980-5497201600030005 DOI: https://doi.org/10.1590/1980-5497201600030005

Clapp MA, James KE, Melamed A, Ecker JL, Kaimal AJ. Hospital volume and cesarean delivery among low-risk women in a nationwide sample. J Perinatol. 2018;38(2):127-131. doi:10.1038/jp.2017.173 DOI: https://doi.org/10.1038/jp.2017.173

Ferrari AP, Almeida MAM, Carvalhaes MABL, Parada CMG de L. Effects of elective cesarean sections on perinatal outcomes and care practices. Rev Bras Saúde Matern Infant. 2020;20(3):879-888. doi:10.1590/1806-93042020000300012 DOI: https://doi.org/10.1590/1806-93042020000300012

Downloads

Published

2023-08-21

How to Cite

DE OLIVEIRA, L. C.; LIMA, G. L.; E SILVA, R. R.; DE SOUZA, M. L. R.; FARAH, F.; VAICHULONIS, C. G.; SILVA, J. C. Fatores maternos relacionados à realização de cesariana em pacientes de baixo risco gestacional. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 4, n. 3, p. 833–845, 2023. DOI: 10.46919/archv4n3-009. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/1391. Acesso em: 25 jun. 2024.

Most read articles by the same author(s)