Obesidade materna: Antropometria dos recém-nascidos

Maternal obesity: Newborns anthropometry

Authors

  • Joe Luiz Vieira Garcia Novo
  • Neil Ferreira Novo
  • Alessandra Raphael Novelli
  • Mariana Oliva Cassará Carvalho

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv4n1-002

Keywords:

obesidade materna, partos, antropometria, recém-nascidos.

Abstract

Objetivo: analisar valores antropométricos em recém-nascidos de parturientes obesas, assistidas na maternidade do Hospital Santa Lucinda de Sorocaba-SP.  Métodos: estudo prospectivo com 200 parturientes: 100 obesas e 100 controle (não obesas). Como variável materna dependente considerou-se a obesidade, as de controle foram: idade, cor, ganho ponderal, paridade, partos (vaginais e cesáreas) e evolução puerperal. Nos recém-nascidos as variáveis dependentes foram as medidas antropométricas (peso, comprimento, perímetros cefálico e braquial, IMC), e as de controle: vitalidade, gênero e evolução no berçário.  Resultados: o ganho médio de peso materno foi significantemente menor nas obesas (15, 2%) em relação ao grupo controle (23,08%) (p = 0, 0001). Em 47,0% das obesas os partos se resolveram através de cesáreas e 29,0% no grupo controle (p = 0,01). As médias das medidas dos recém-nascidos: peso:  3,35 e 3,18k (p = 0, 005), perímetro cefálico: 34,3 e 33,6 cm (p = 0, 002), comprimento: 49,5 e 49,0 cm (p = 0, 05), perímetro braquial esquerdo médio: 10,7 e 10, 3 cm (p = 0, 001), IMC: 13,6 e 13,44 kg/m2 (p = 0,24) nos grupos de estudo e controle respectivamente. Conclusões: nesta amostra de mulheres obesas houve significativa e estatisticamente maiores proporções de partos cirúrgicos, além de recém-nascidos com valores antropométricos superiores (peso, perímetros cefálico e braquial e comprimento) em relação aos das pacientes não obesas. Mulheres obesas em idade reprodutiva, devem ser informadas dos prováveis riscos maternos e/ou fetais antes de uma futura gestação.

Published

2022-01-17

How to Cite

NOVO, J. L. V. G. .; NOVO, N. F. .; NOVELLI, A. R. .; CARVALHO, M. O. C. . Obesidade materna: Antropometria dos recém-nascidos: Maternal obesity: Newborns anthropometry. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 20–28, 2022. DOI: 10.46814/lajdv4n1-002. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/874. Acesso em: 22 jun. 2024.
<br data-mce-bogus="1"> <br data-mce-bogus="1">