Fenômeno cangaço: o lampião que não se apaga

Authors

  • José Fábio Cardoso Correia Siqueira
  • Erika Leticia da Silva de Lima
  • Maria Margarete de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv6n2-003

Keywords:

cangaço, influência, cultura

Abstract

O Projeto Fenômeno Cangaço: O Lampião Que Não Se Apaga surgiu como forma de resgate da cultura nordestina no que diz respeito à influência do cangaço na música, na alimentação, na arte da cura com plantas medicinais, no vestuário, incluindo também o uso de couro na confecção de vestimentas utilizadas pelos cangaceiros. A pesquisa oportunizou aos alunos da EEEP Balbina Viana Arrais, em Brejo Santo - Ceará, conhecer alguns dos lugares no Nordeste por onde se passou esse fenómeno; e perceber o papel da mulher nos bandos e, principalmente, a organização desses grupos. A literatura de cordel mostrou-se de fundamental importância para o estudo desse fenômeno, por revelar a humanização do cangaço através da participação da mulher. Além desses conhecimentos através de cordéis, livros e coletas de informações, foi realizado um estudo das músicas de Luiz Gonzaga que contam a história da bravura dos nordestinos. O cangaço determinou marcas profundas na nossa história, na nossa cultura e por isso não devemos deixar apagar essa luz da memória daqueles tempos em que o nordestino, segundo o escritor Euclides da Cunha, era e ainda é antes de tudo, um forte.

References

ALMEIOVA, José Américo de, A bagaceira, 32ª edição, Editora José Olympio, 1997.

DANTAS, Kydelmir, As Mulheres Cangaceiras Humanizam o Cangaço. Literatura de Corded Editora Queima Bucho, Mossoró- RN, 2008.

MELLO, Frederico Pernambucano de. Estrelas de Couro: a Estética do Cangaço, 2 edição, Escrituras Editora. Recife PE, 2012.

NEVES, Napoleão Tavares Cariri: Cangaço, Colteiros e Adjacência; Crônicas Cangaceiras. Editora Thesaurus, Brasilia, 2010

REGO, José Lins do. Cangaceiros- 1ª edição, Editora José Olympio, - 2011.

ROCHA, António Eusébio Teixeira Saga de Antônio da Piçarra- de Padre Cicero a Lampião. Fortaleza, Ceará, 2002

SEVERO, Manoel: Cangaço em Porteiras, Ceará- Conferência: A tragédia de Guaribas.Porteiras;24, setembro,2011 Disponível em: http://cariricangaco.blogspot.com. Acesso em 20, fevereiro,2012.

Published

2024-05-15

How to Cite

SIQUEIRA, J. F. C. C.; LIMA, E. L. da S. de; OLIVEIRA, M. M. de. Fenômeno cangaço: o lampião que não se apaga. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 6, n. 2, p. e1652, 2024. DOI: 10.46814/lajdv6n2-003. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/1652. Acesso em: 25 may. 2024.
<br data-mce-bogus="1"> <br data-mce-bogus="1">