Aspectos jurídicos da aposentadoria por idade

Authors

  • Fellipe Oliveira Uliam

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv6n1-019

Keywords:

prestação previdenciária, aposentadoria por idade, requisitos

Abstract

A aposentadoria por idade é concebida pelos estudiosos do tema como a prestação previdenciária por excelência, já que tem por objetivo substituir os rendimentos do segurado, assegurando a sua subsistência e de seus dependentes. Dentre as modalidades de aposentadoria tem-se a concedida em virtude da idade do segurado do Regime Geral de Previdência Social, exigindo também a carência. Este estudo objetiva esclarecer os critérios adequados de utilização do Direito Previdenciário para a sua efetividade no processo de concessão do benefício de aposentadoria por idade, a partir de uma análise histórico-evolutiva do instituto. O método adotado é o hipotético-dedutivo e como técnica de pesquisa tem-se o levantamento bibliográfico. Assim, contextualiza-se o Direito Previdenciário, seu surgimento e evolução. Aborda- se as prestações previdenciárias e os segurados e dependentes do Regime Geral de Previdência Social. Analisa-se o conceito de aposentadoria e os aspectos históricos da aposentadoria por idade. Destaca-se os requisitos legais para a concessão da aposentadoria por idade ao trabalhador urbano e rural, a possibilidade de requerimento da aposentadoria por idade pela empresa e a dificuldade de comprovação da condição de trabalhador rural para fins de aposentadoria. Enfatiza- se a possibilidade de conversão da aposentadoria por invalidez ou auxílio-doença em aposentadoria por idade. Constata-se a importância da aposentadoria por idade no ordenamento jurídico brasileiro, bem como a diversidade de requisitos para a sua concessão, o que justifica o aprofundamento no estudo do tema e a maior conscientização dos segurados, de modo a tornar efetivo o direito ao melhor benefício previdenciário.

References

ALLY, Raimundo Cerqueira. Normas previdenciárias de Direito do Trabalho. São Paulo: IOB, 2002.

BALERA, Wagner; MUSSI, Cristiane Miziara. Direito previdenciário. 10. ed. Rio de Janeiro: Forense; São Paulo: Método, 2014.

BALERA, Wagner; MUSSI, Cristiane Miziara. Direito previdenciário: série concursos públicos. São Paulo: Método, 2009.

BARROS JÚNIOR, Cássio de Mesquita. Previdência social urbana e rural. São Paulo: Saraiva, 1981.

BERWANGER, Jane Lucia Wilhelm. Previdência Rural: inclusão social. 2. ed. Curitiba: Juruá, 2008.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Organização de Alexandre de Moraes. 16.ed. São Paulo: Atlas, 2000.

BRASIL. Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943: Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto- lei/del5452.htm. Acesso em: 20 set. 2016.

BRASIL. Lei nº 5.889, de 8 de junho de 1973: Estatui normas reguladoras do trabalho rural. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l5889.htm>. Acesso em: 20 set. 2016.

BRASIL. Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991: Dispõe sobre a organização da Seguridade Social, institui Plano de Custeio, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8212cons.htm>. Acesso em: 02 set. 2016.

BRASIL. Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991: Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências. Disponível em:

<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8213cons.htm>. Acesso em: 02 set. 2016.

CASTRO, Carlos Alberto Pereira de; LAZZARI, Castro Batista. Manual de direito previdenciário. 16. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2014.

CORRÊA, Wilson Leite. Seguridade e Previdência Social na Constituição de 1988.

Jus Navigandi, Teresina, ano 3, n. 34, ago. 1999. Disponível em:

<http://jus2.uol.com.br/doutrina/texto.asp?id=1431>. Acesso em: 20 jul. 2016.

EDUARDO; Ítalo Romano; EDUARDO, Jeane Tavares Aragão Eduardo. Curso de direito previdenciário. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

FORTES, Simone Bardisan. PAULSEN, Leandro. Direito da seguridade social: prestações e custeio da previdência. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2005.

GONÇALVES, Odonel Urbano. Direito previdenciário para concursos. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

KERTZMAN, Ivan. Direito previdenciário. São Paulo: BF&A, 2005.

MARTINEZ, Wladimir Novaes. Curso de direito previdenciário: direito previdenciário procedimental. São Paulo: LTr, 1999.

MARTINEZ, Wladimir Novaes. Direito adquirido na previdência social. 2. ed. São Paulo: LTr, 2003.

MARTINS, Sérgio Pinto. Direito da Seguridade Social. 25. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MIRANDA, Jedial Galvão. Direito da seguridade social. Rio de Janeiro: Elseiver: 2007.

OLIVEIRA, Aristeu de. Manual prático de seguridade social. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

SANTOS, Marisa dos Santos. Direito previdenciário esquematizado. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 2014.

STJ - AR: 4094 SP 2008/0229984-9, Relator: Ministra MARIA THEREZA DE

ASSIS MOURA, Data de Julgamento: 26/09/2012, S3 - TERCEIRA SEÇÃO, Data de Publicação: DJe 08/10/2012.

TAVARES, Marcelo Leonardo. Direito previdenciário. 6. ed. Rio de Janeiro: Lúmen Juris, 2005.

TRF-4 - REEX: 50481693320144047100 RS 5048169-33.2014.404.7100, Relator:

OSNI CARDOSO FILHO, Data de Julgamento: 16/12/2015, SEXTA TURMA, Data de Publicação: D.E. 18/12/2015.

TST - AIRR: 1557402520085020022, Relator: Lelio Bentes Corrêa, Data de Julgamento: 14/05/2014, 1ª Turma, Data de Publicação: DEJT 16/05/2014.

TSUTIYA, Agusto Massayuri. Curso de direito da seguridade social. São Paulo: Saraiva, 2007.

Downloads

Published

2024-02-15

How to Cite

ULIAM, F. O. Aspectos jurídicos da aposentadoria por idade. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 258–296, 2024. DOI: 10.46814/lajdv6n1-019. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/1572. Acesso em: 23 jul. 2024.
<br data-mce-bogus="1"> <br data-mce-bogus="1">