O enfermeiro na avaliação da sobrecarga do cuidador de idoso

Authors

  • Bianca Pereira Fernandes Silva
  • Igor dos Santos Santana

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv6n1-006

Keywords:

cuidador, qualidade de vida, idoso

Abstract

A presente pesquisa tem como objeto de estudo a avaliação da sobrecarga física e emocional do cuidador de idoso. Objetivando avaliar a sobrecarga do cuidador de idoso através da aplicação da escala de Zarit e planejar a assistência de enfermagem ao cuidador de idoso. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, descritiva e exploratória realizada em uma instituição de referência para tratamento de pacientes idosos com algum tipo de demência, situada na Cidade de Volta Redonda. Utilizou-se como critério de inclusão o cuidador informal e como critério de exclusão o cuidador formal. A análise de dados se deu através da Prática de Enfermagem Baseada em Evidências. Nos resultados observou-se que 53% dos entrevistados responderam nunca, 18% algumas vezes, 13% sempre, 11% frequentemente e apenas 5% das pessoas responderam raramente às perguntas realizadas referentes a se sentir sobrecarregado ao cuidar do idoso. Durante as entrevistas, foi demonstrado como os cuidadores se sentem em relação à sua vida social, 50% dos casos dizem não ter sido abalada, porém, se somarmos as outras respostas (algumas vezes, frequentemente, sempre) verifica-se que os outros 50% estão relacionados a estas categorias, onde deixam de sair com os amigos, de participar de reuniões familiares e de viajar. Portanto, a atuação do enfermeiro deve ser realizada de forma humanizada, afim de tornar a convivência com o idoso mais prazerosa. Conclui-se que o enfermeiro pode atuar de forma a minimizar a sobrecarga física e emocional do cuidador garantindo-lhe uma melhoria na qualidade de vida. 

References

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE - BR. Conselho Nacional de Saúde. Resolução 196, de 10 de outrubro de 1996. Diretrizes e Normas Regulamentadoras de Pesquisas em Seres Humanos. Brasília, 1996.

CALDAS CP. Contribuindo para a construção da rede de cuidados: trabalhando com a família do idoso portador de síndrome demencial. Textos Envelhecimento 2002; 4(8): 39-56, Rio de Janeiro. [Acesso em 07 fevereiro 2012].

CERVO AL, BERVIAN PA. Metodologia Científica. 5ed. São Paulo: 2002.

DOMENICO EBL, IDE CAC. Enfermagem Baseada em Evidências: Princípios e Aplicabilidades. Rev Latino-am Enfermagem, 2003 janeiro-fevereiro; 11(1):115-8

GIL AC. Como elaborar Projetos de Pesquisa.4ed. São Paulo, 2008.

GRELHA PASS, NAVE FJGM, BARBOSA A. Qualidade de vida dos cuidadores informais de idosos dependentes em contexto domiciliário. Facul. Med. Lisboa. 2009 set; 35-50. 20/09/2012.

INOUYE K, PEDRAZZANI ES, PAVARINI SCI. Implicações da doença de Alzheimer na qualidade de vida do cuidador: um estudo comparativo. Cad. Saúde pública. 2010 maio; 26(5). 26/09/2012 .

MARCONI MA, LAKATOS EM. Técnicas de pesquisa: Planejamento e execução de pesquisas; Amostragens e técnicas de pesquisa; Elaboração, análise e interpretação de dados. 5ed. São Paulo:2002.

MARQUES AKMC, LANDIM FLP, ET.AL. Apoio social na experiência do familiar cuidador. Ciência Saúde Coletiva. Rio de Janeiro, 2011.

MOREIRA MD, CALDAS CP. A importância do cuidador no contexto de saúde do idoso. Esc. Anna Nery. 2007 set; 11(3). 25/09/2012.

Organização Mundial de Saúde (OMS), portal da saúde: Publicado em 2000, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística(IBGE): http://www.ibge.gov.br/ibgeteen/datas/idoso/politica_do_idoso_no_brasil.html 22/09/2012

PERLINI NMOG, FARO ACM. Cuidar de pessoa incapacitada por acidente vascular cerebral no domicílio: o fazer do cuidador familiar. Rev Esc Enferm USP. São Paulo, 2005.

SALDANHA AL, CALDAS CP. Saúde do idoso: A arte de cuidar. 2ed. Editora Interciência. 2004. Rio de Janeiro.

SILVA FS, Cadernos CB Virtual 2 :Metodologia Científica e Pesquisa Aplicada. João Pessoa, 2011.

SOUZA EBM.O cuidado transdimensional da consulta de enfermagem com cuidadora familiar de pessoas idosas com Alzheimer. Dissertação de Mestrado em Ciências da Saúde. Florianópolis.2012.

VIEIRA CPB, FIALHO AVM,ET.AL. Práticas do cuidador informal do idoso no domicílio. Rev. Bras. Enferm. 2011 maio/junho; 64(3). 25/09/2012 .

RICARTE LFCS. Sobrecarga do cuidador informal de idosos dependentes no Conselho da Ribeira Grande. Dissertação de Mestrado em Ciências de Enfermagem. 2009.

ROCHA MPF, VIEIRA MA, SENA RR. Desvelando o cotidiano dos cuidadores informais de idosos. Rev Bras Enferm, 2008 nov-dez; Brasília.

Downloads

Published

2024-01-19

How to Cite

SILVA, B. P. F.; SANTANA, I. dos S. O enfermeiro na avaliação da sobrecarga do cuidador de idoso. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 56–67, 2024. DOI: 10.46814/lajdv6n1-006. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/1524. Acesso em: 25 jun. 2024.
<br data-mce-bogus="1"> <br data-mce-bogus="1">