Polímeros: uma abordagem investigativa alicerçada na teoria da aprendizagem significativa e nos três momentos pedagógicos

Authors

  • Marilde Beaztriz Zorzi Sá
  • Lucas Forlin Pereira

DOI:

https://doi.org/10.46814/lajdv5n2-021

Keywords:

polímeros, conceitos químicos, aprendizagem, investigação

Abstract

O estudo aqui descrito objetivou verificar a eficiência de uma atividade experimental investigativa utilizada com foco nos processos de ensino e de aprendizagem de polímeros em uma turma de terceiro ano do ensino médio. Para isso, desenvolveu-se uma sequência didática, fundamentada na Teoria da Aprendizagem Significativa e nos Três Momentos Pedagógicos, relacionando o cotidiano dos alunos com o conteúdo abordado. A aplicação de questionários inicial e final, um diário de observações e a construção de mapas conceituais configuram-se nos instrumentos de coleta de dados. Os resultados deste trabalho evidenciaram a aprendizagem significativa dos alunos sobre o objeto de estudo, no que tange às propriedades, classificação e aplicações no cotidiano. Além disso, observou-se que os alunos demonstraram preocupação com os impactos ambientais associados ao descarte e à utilização dos polímeros e reconhecido a utilização de polímeros biodegradáveis e a reciclagem como formas de minimizar tais impactos.

References

Ausubel, D. P.; Novak, J.; Hanesian, H. (1978). Educational psychology: a cognitive view (2nd edition). New York: Halt, Rinehart and Winston.

____________; (1980). Psicologia Educacional. Rio de Janeiro: Editora Interamericana.

Delizoicov, D. (1982). Concepção problematizadora do ensino de ciências na educação formal: relato e análise de uma prática educacional na Guiné Bissau. 227 f. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo, São Paulo, SP.

Delizoicov, D.; Angotti, J. A.; Pernambuco, M. M. (2002). Ensino de ciências: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez.

Ferreira, L. H., Hartwig, D. R., E Oliveira, R. C. (2010). Ensino experimental de Química: uma abordagem investigativa contextualizada. Química nova na escola, v. 32, n. 2, p. 101-106.

Fialho, N. N. (2013). Jogos no ensino de Química e Biologia. Curitiba: InterSaberes.

Filho, F. S. L; Cunha, F. P.; Carvalho, F. S.; Soares, M. F. C. (2011). A importância do uso de recursos didáticos alternativos no ensino de química: Uma abordagem sobre novas metodologias. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v. 7, n. 12.

Giani, K. (2010). A experimentação no ensino de Ciências: possibilidades e limites na busca de uma aprendizagem significativa. Dissertação de Mestrado em Ensino de Ciências. Universidade de Brasília, Brasília, GO.

Giordan, M. (1999). O papel da experimentação no ensino de Ciências. Química Nova na Escola, n. 10, p. 43-49.

Hodson, D. (1988). Experiments in science and science teaching. Educational Philosophy and Theory, v. 20, n. 2, p. 53-66.

Laburu et al. (2003). Problemas abertos e seus problemas no laboratório de física: uma alternativa dialética que passa pelo discurso multivocal e univocal. Investigações em Ensino de Ciências, v. 8, n. 3.

Moreira, M. A. (2006). A teoria da aprendizagem significativa e sua implementação em sala de aula. Editora Universidade de Brasília, Brasília, GO.

Moreira, M. A.; Buchweitz, B. (1993). Novas estratégias de ensino e aprendizagem: os mapas conceituais e o Vê epistemológico. Lisboa, Plátano Edições Técnicas.

Santos, M. L. B. dos; Pereira, S. C.; Andrade, A. V.; Hilger, T. R.; Leite, A. E. (2018). Interdisciplinaridade e os Três Momentos Pedagógicos no Ensino de Física: uma prática sobre a matriz energética. Experiências em Ensino de Ciências, v.13, n. 5, p. 115-125.

Santos, W. L. P.; Mortimer, E. (2001). Tomada de decisão para ação social responsável no ensino de Química. Ciência & Educação, v. 7, n. 1, p. 95-111.

Santos, W. L. P.; Schnetzler, R. P. (2010). Educação em química: compromisso com a cidadania. Ijuí: Editora da Unijuí.

Tamir, P. (1991). Practical work at school: An analysis of current practice. Em Woolnough, B. (ed). Practical Science. Milton Keynes: Open University Press.

Zompero, A. F.; Laburu, C. E. (2011). Atividades investigativas no ensino de ciências: aspectos históricos e diferentes abordagens. Ensaio: Pesquisa em educação em ciências, Belo Horizonte, v. 13, n. 3, p. 67-80.

Downloads

Published

2023-10-23

How to Cite

SÁ, M. B. Z.; PEREIRA, L. F. Polímeros: uma abordagem investigativa alicerçada na teoria da aprendizagem significativa e nos três momentos pedagógicos. Latin American Journal of Development, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 737–753, 2023. DOI: 10.46814/lajdv5n2-021. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/jdev/article/view/1440. Acesso em: 12 apr. 2024.
<br data-mce-bogus="1"> <br data-mce-bogus="1">