Ligação entre deficiência de vitamina D e a predisposição à infecção pelo novo coronavírus (SARS-COV-2)

Relationship between vitamin D deficiency and predisposition to infection by the new coronavirus (SARS-COV-2)

Authors

  • Rubens Barbosa Rezende

Keywords:

fatores de risco, infecções por coronavírus, vitamina d

Abstract

O contágio pela síndrome respiratória aguda grave do patógeno viral coronavírus 2 (SARS-CoV-2) se elevou ao status de pandemia em março de 2020, a doença do coronavírus (COVID-19). Dessa forma, objetivou-se discutir e analisar a relação entre a predisposição à infecção pelo novo coronavírus e a deficiência de vitamina D , bem como, analisar o papel da vitamina D no mecanismo imunológico. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura de cunho descritivo e exploratório, e natureza qualitativa. A literatura reporta que a vitamina D é capaz de reduzir as taxas “no meio” de citocinas pró-inflamatórias, incluindo IL-1, IL-6, IL-12, TNF alfa e IL-17. Conclui-se que, de acordo com a literatura analisada tem-se uma lacuna no que diz respeito a suplementação vitamínica, uma vez que o seu uso pode deixar o paciente com o sistema imune deprimido.

Published

2022-03-07

How to Cite

REZENDE, R. B. . Ligação entre deficiência de vitamina D e a predisposição à infecção pelo novo coronavírus (SARS-COV-2): Relationship between vitamin D deficiency and predisposition to infection by the new coronavirus (SARS-COV-2). Journal Archives of Health, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 517–521, 2022. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/983. Acesso em: 14 jun. 2024.