Remoção de coliformes fecais em tratamento alternativo por vala de filtração

COVID-19 and its implications and sequelae: a literature review

Authors

  • Ariston da Silva Melo Júnior

Keywords:

saneamento, contaminação, esgoto.

Abstract

Cada vez mais é necessário minimizar os danos ambientais que são gerados aos recursos hídricos. A falta de saneamento básico principalmente na zona rural ocasiona numa maior necessidade de novos estudos que permitam tratar e reutilizar a água oriunda de esgoto em atividades de reuso. A presente pesquisa adotou um sistema de vala de filtração de três caixas de acrílico com camada de pedra de 0,20 m e camadas complementares de areia de espessuras: 0,75 m; 0,50 m e 0,25 m, para acompanhar a remoção de coliformes fecais presentes. O estudo foi desenvolvido no campo experimental da FEAGRI na UNICAMP e permitiu que o desempenho percentual fosse verificado em relação à camada de areia utilizado. O estudo durou cinco semanas e permitiu avaliar que para camada de areia de: 0,75 m; 0,50 m e 0,25 m, os valores de remoção média foram de: 60%; 50% e 30%, respectivamente.

Published

2022-03-03

How to Cite

MELO JÚNIOR, A. da S. . Remoção de coliformes fecais em tratamento alternativo por vala de filtração: COVID-19 and its implications and sequelae: a literature review. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 52–57, 2022. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/904. Acesso em: 12 apr. 2024.