Analgesia de trabalho de parto neuroaxial: uma revisão da literatura

Authors

  • Aylla Rainere Amaral Costa
  • Isabela Estefani Baggio
  • Henrique Escudeiro Pires

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv5n3espec-023

Keywords:

analgesia, trabalho de parto neuroaxial, mulher

Abstract

Introdução: Anestesia consiste na perda total da sensibilidade dolorosa, tátil e do relaxamento muscular, podendo ser local, locorregional ou geral (narcose). Anestesias espinais ou no neuroeixo são locorregionais efetuadas na coluna vertebral, como a peridural e a raquidiana, cujos sinônimos são os seguintes: anestesia peridural e analgesia epidural e extradural. A analgesia neuroaxial é frequentemente utilizada para aliviar a dor do trabalho de parto. Objetivo: Esta revisão de literatura busca explorar as técnicas neuroaxiais utilizadas, seus benefícios, potenciais complicações e o impacto na experiência materna e neonatal. Materiais/sujeitos e métodos: Para a elaboração deste artigo de revisão foram consultados artigos científicos e artigos de revisão publicados e referenciados na Medline/PubMED, SciELO e Cochrane mais recentes. Também, foram consultados livros como Miller’s Anestesiology Volume 1 e 2, Anestesia em  Obstetrícia HCFMUSP. Resultados e discussão: Em relação ao enfoque metodológico, todos os estudos eram do tipo ensaio clínico randomizado (n=3, 100%); a evolução das técnicas de analgesia neuroaxial no parto está em constante progresso, com novas pesquisas focadas em melhorar a experiência materna e os resultados perinatais. Estudos futuros devem continuar a explorar a eficácia comparativa de diferentes técnicas e agentes, bem como a implementação de estratégias personalizadas de analgesia que considerem as necessidades individuais das parturientes. Considerações finais: Existe uma grande heterogeneidade dos estudos, não sendo possível determinar qual a melhor técnica, embora todas demonstrem desfechos neonatais e obstétricos semelhantes e alívio satisfatório da dor materna.

References

AHMAD REZA MOHTADI et al. Post-cesarean Delivery Analgesia Using Spinal Anesthesia: Ropivacaine-Fentanyl vs. Ropivacaine-Sufentanil. Anesthesiology and pain medicine, v. 13, n. 4, 26 jul. 2023. DOI: https://doi.org/10.5812/aapm-138067

ARAGÃO, F. F. DE et al. Neuraxial labor analgesia: a literature review. Brazilian Journal of

Anesthesiology (English Edition), v. 69, n. 3, p. 291–298, maio 2019. DOI: https://doi.org/10.1016/j.bjane.2018.12.014

BRAGA, A. DE F. DE A. et al. Spinal anesthesia for elective ceasarean section: use of different doses of hyperbaric bupivacaine associated with morphine and clonidine. Acta Cirúrgica Brasileira, v. 28, p. 26–32, 1 jan. 2013. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-86502013000100005

DE, A.; CUNHA, A.DOUTOR. Palavras-chave Anestesia e analgesia Trabalho de parto Parto Cesárea Keywords Anesthesia and analgesia Labor, obstetric Delivery Cesarean section Analgesia e anestesia no trabalho de parto e parto Analgesia and anesthesia during labour and delivery. [s.l: s.n.]. Disponível em: <http://files.bvs.br/upload/S/0100-7254/2010/v38n11/a599-606.pdf>.

Depressão pós-parto acomete mais de 25% das mães no Brasil. Disponível em: <https://portal.fiocruz.br/noticia/depressao-pos-parto-acomete-mais-de-25-das-maes-no-brasil>.

Disponível em: <https://www.researchgate.net/profile/Fabio-Aragao/publication/331144525_Analgesia_de_parto_no_neuroeixo_uma_revisao_da_literatura/links/5c936db892851cf0ae8c5c6d/Analgesia-de-parto-no-neuroeixo-uma-revisao-da-literatura.pdf?origin=publication_detail&_tp=eyJjb250ZXh0Ijp7ImZpcnN0UGFnZSI6InB1YmxpY2F0aW9uIiwicGFnZSI6InB1YmxpY2F0aW9uRG93bmxvYWQiLCJwcmV2aW91c1BhZ2UiOiJwdWJsaWNhdGlvbiJ9fQ>. Acesso em: 15 jun. 2024.

FELISBINO-MENDES, M. S. et al. O uso de analgesia farmacológica influencia no desfecho de parto? Acta Paulista de Enfermagem, v. 30, p. 458–465, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/1982-0194201700067

LOVACH-CHEPUJNOSKA, M. et al. Continuous Versus Patient-Controlled Epidural Analgesia for Labour Analgesia and Their Effects on Maternal Motor Function and Ambulation. PRILOZI, v. 35, n. 2, p. 75–83, 1 dez. 2014 DOI: https://doi.org/10.2478/prilozi-2014-0010

TOLEDANO, R. D.; LEFFERT, L. What’s new in neuraxial labor analgesia. Current anesthesiology reports, v. 11, n. 3, p. 340–347, 2021.TOLEDANO, R. D.; LEFFERT, L. What’s New in Neuraxial Labor Analgesia. Current Anesthesiology Reports, v. 11, n. 3, p. 340–347, 2021. DOI: https://doi.org/10.1007/s40140-021-00453-6

Published

2024-07-09

How to Cite

COSTA, A. R. A.; BAGGIO, I. E.; PIRES, H. E. Analgesia de trabalho de parto neuroaxial: uma revisão da literatura. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 5, n. 3, p. e1695 , 2024. DOI: 10.46919/archv5n3espec-023. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/1695. Acesso em: 12 jul. 2024.