Competências do enfermeiro em Unidades de Pronto Atendimento no Brasil – revisão de integrativa

Authors

  • Wender Antonio de Oliveira
  • Juliana de Oliveira Musse
  • Cristina Braga
  • Marcelo Marreira
  • Aloísio Olímpio
  • Maria José dos Reis
  • Christian Douradinho
  • Mônica Chaves
  • Fabio da Silva Leão
  • Cristina Nunes Capeloa
  • João Carlos de Andrade Menezes

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv5n2-011

Keywords:

enfermeiro, pronto-atendimento, Brasil

Abstract

O presente artigo tem como objetivo geral, descrever de maneira conceitual de acordo com literatura acadêmico-científica, conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias ao enfermeiro que atua em unidade de Pronto-Atendimento. A justificativa para a escolha do tema paira sobre sua contemporaneidade, além da expectativa de contribuir para o âmbito acadêmico. O método de pesquisa empreendido é de revisão integrativa, com o levantamento de dados no banco do Pub-Med, Lilacs e Scielo, fazendo a busca pelos descritores: competências, enfermeiro, pronto-atendimento, habilidades e perfil. Dos resultados, foram selecionadas as publicações em língua portuguesa, entre 2013 e 2023 que, após a leitura dos resumos, se enquadraram ao objetivo da pesquisa. Dentre os principais achados, foi possível concluir que a atuação do enfermeiro na área Pronto-Atendimento parte da premissa que o mesmo deva adquirir competências específicas, bem como estar preparado as exposições decorrentes aos riscos ocupacionais. Todavia, os achados relacionados ao perfil e competências dos enfermeiros emergencistas ainda são escassos, deixando notar que existe uma necessidade de humanização no cuidado desses profissionais, especialmente considerando que seu trabalho em Unidade de Pronto Atendimento é essencial para a manutenção da vida, o que se provou após a pandemia de COVID-19 que assolou o mundo e o Brasil em especial durante 3 anos.

References

ARASZEWSKI, Daniele et al. O exercício da liderança sob a ótica de enfermeiros de pronto socorro. Cogitare Enfermagem, v. 19, n. 1, p. 41-47, 2014.

AUED, Gisele Knop et al. Competências clínicas do enfermeiro assistencial: uma estratégia para gestão de pessoas. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 69, p. 142-149, 2016.

CAMELO, Silvia Helena Henriques et al. Perfil profissional de enfermeiros atuantes em unidades de terapia intensiva de um hospital de ensino. Ciencia y enfermeria, v. 19, n. 3, p. 51-62, 2013.

BRASIL.https://www.gov.br/saude/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/upa-24h-unidade-de-pronto-atendimento/upa. Aceso em 23 de março de 2024 às 14:30.

BRASIL .https://www10.trf2.jus.br/comite-estadual-de-saude-rj/o-sus/rede. Aceso em 29 de abril de 2024 às 16:00.

DURO, Carmen Lúcia Mottin et al. Percepção de enfermeiros sobre a classificação de risco em unidades de pronto atendimento. Revista RENE: Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste. Vol. 15, n. 3 (maio/jun. 2014), p. 447-454, 2014.

FARIAS, Dilzilene Cunha Sivirino et al. Elaboração de um padrão de registro de enfermagem para Unidade de Pronto Atendimento. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 57, p. e20220253, 2023.

FERREIRA, Claudia Cristina Mantovani et al. O perfil da equipe de enfermagem no atendimento em urgências e emergências obstétricas. Revista Fafibe On-Line, v. 8, n. 1, p. 332-345, 2015.

GENTIL, Rosana Chami; RAMOS, Laís Helena; WHITAKER, Iveth Yamaguchi. Capacitação de enfermeiros em atendimento pré-hospitalar. Revista latino-americana de enfermagem, v. 16, p. 192-197, 2008.

HERMIDA, Patrícia Madalena Vieira et al. Facilidades e entraves da referência em unidade de pronto atendimento. Escola Anna Nery, v. 26, p. e20210038, 2021.

HOLANDA, Flávia Lilalva de; MARRA, Celina Castagnari; CUNHA, Isabel Cristina Kowal Olm. Construção da Matriz de Competência Profissional do enfermeiro em emergências. Acta Paulista de Enfermagem, v. 27, p. 373-379, 2014.

Luz MAP, Oliveira JLC, Tonini NS & Maraschin MS. Competências gerenciais entre enfermeiros coordenadores: estudo em hospital universitário público. Rev. Gestão & Saúde (Brasília) Vol. 08, n. 03, Set. 2017.

MARQUES, Giselda Quintana; LIMA, Maria Alice Dias da Silva. Demandas de usuários a um serviço de pronto atendimento e seu acolhimento ao sistema de saúde. Revista Latino-americana de enfermagem, v. 15, p. 13-19, 2007.

MORAIS FILHO, Luiz Alves et al. Competência legal do enfermeiro na urgência/emergência. Enfermagem em Foco, v. 7, n. 1, p. 18-23, 2016.

Munhoz, Oclaris Lopes et al Atuação do enfermeiro em unidade de pronto socorro: relato de experiência. Biblioteca Lascasas, 2016; 12(1).

NÓBREGA, Danielly Monteiro; BEZERRA, André Luiz Dantas; DE SOUSA, Milena Nunes Alves. Conhecimentos, atitudes e práticas em urgência e emergência na atenção primária à saúde. Ciência & Desenvolvimento-Revista Eletrônica da FAINOR, v. 8, n. 2, 2015.

PEREIRA, Waleska Antunes da Porciúncula; LIMA, Maria Alice Dias da Silva. O trabalho em equipe no atendimento pré-hospitalar à vítima de acidente de trânsito. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 43, p. 320-327, 2009..

RAMOS, Viviane Oliveira; SANNA, Maria Cristina. A inserção da enfermeria no atendimento pré-hospitalar: histórico e perspectivas atuais. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 58, p. 355-360, 2005.

SANTOS, José Luís Guedes dos et al. Contexto organizacional e gerência do cuidado pelos enfermeiros em unidades de pronto atendimento. Revista Gaúcha de Enfermagem, v. 35, p. 58-64, 2014.

SANTANA, Júlio César Batista et al. Perfil dos técnicos em enfermagem de um serviço de atendimento pré-hospitalar. Enfermagem Revista, v. 18, n. 1, p. 16-27, 2015.

SANTANA, Lucas Fagundes et al. Atuação do enfermeiro na urgência e emergência: revisão integrativa da literatura. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 4, p. 35994-36006, 2021.

SILVA, Danielle Soares et al. A liderança do enfermeiro no contexto dos serviços de urgência e emergência. Revista eletrónica de Enfermagem, v. 16, n. 1, p. 211-9, 2014.

TEIXEIRA, Antônio Fernando de Jesus et al. Atuação da equipe de enfermagem no atendimento de emergência ao paciente com infarto agudo do miocárdio. Revista Fafibe on-line, v. 8, n. 1, p. 300-309, 2015.

TONO de Oliverira, Roberta Juliane et al. Gerência do cuidado de enfermagem em unidades de pronto atendimento. Investigación y Educación en Enfermería, v. 33, n. 3, p. 406-414, 2015.

TRETTENE, Armando dos Santos et al. Estresse em profissionais de enfermagem atuantes em Unidades de Pronto Atendimento. Boletim-Academia Paulista de Psicologia, v. 36, n. 91, p. 243-261, 2016.

WEHBE, Grasiela; GALVÃO, Maria Cristina. Aplicação da liderança situacional em enfermagem de emergência. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 58, p. 33-38, 2005.

Published

2024-06-24

How to Cite

OLIVEIRA, W. A. de; MUSSE, J. de O.; BRAGA, C.; MARREIRA, M.; OLÍMPIO, A.; REIS, M. J. dos; DOURADINHO, C.; CHAVES, M.; LEÃO, F. da S.; CAPELOA, C. N.; MENEZES, J. C. de A. Competências do enfermeiro em Unidades de Pronto Atendimento no Brasil – revisão de integrativa. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 5, n. 2, p. e1663, 2024. DOI: 10.46919/archv5n2-011. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/1663. Acesso em: 12 jul. 2024.

Most read articles by the same author(s)