Epidemiologia da Síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica (SIM-P) no Brasil de 2020 a 2021

Authors

  • Carolina Mira Dilly de Medeiros
  • Amanda Barbosa da Cruz
  • Raquel da Gama Pinheiro
  • Giovani Prediger Dobri

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv5n1-028

Keywords:

SIM-P, coronavírus, crianças, multissistêmica

Abstract

A pandemia da Covid-19 trouxe, entre outras, uma preocupação com a população pediátrica, devido a uma síndrome de acometimento sistêmico. A Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P) foi identificada como uma complicação pós-infecção pelo coronavírus. Se apresenta com febre, múltiplas alterações orgânicas e elevados marcadores inflamatórios. Além da febre, acometimentos oculares, mucocutâneos, gastrointestinais e cardiovasculares são frequentes. É uma reação inflamatória tardia e seu aparecimento ocorre aproximadamente até a 4ª semana da infecção pelo vírus. Devido ao padrão de acometimento, a SIM-P tem a Doença de Kawasaki e a Síndrome do Choque Tóxico como diagnósticos diferenciais que merecem investigação e correta diferenciação.

References

Organização Mundial da Saúde. Multisystem inflammatory syndrome in children and adolescents temporally related to COVID-19. 2020. Disponível em: https://saude.shortcm.li/LT9LzV 4. Brasil.

Ministério da Saúde. Nota Técnica nº 16/2020 CGPNI/DEIDT/SVS/MS: Orientações sobre a notificação da Síndrome Inflamatória Multissistêmica (SIM-P) temporalmente associada à COVID-19. Ofício Circular nº 133/2020/SVS/MS de 24 de julho de 2020.

Sociedade Brasileira de Pediatria. Nota de Alerta: Síndrome inflamatória multissistêmica em crianças e adolescentes provavelmente associada à COVID-19: uma apresentação aguda, grave e potencialmente fatal. Departamentos Científicos de Infectologia (2019-2021) e de Reumatologia (2019-2021), 20 de maio de 2020.

SÍNDROME inflamatória multissistêmica pediátrica (SIM-P), temporalmente associada à covid-19. Boletim Epidemiológico, [s. l.], Março/2021 2021. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/media/pdf/2021/abril/08/boletim_epidemiologico_svs_12.pdf. Acesso em: 16 set. 2021.

FUNDAÇÃO Oswaldo Cruz. COVID-19 e Saúde da Criança e Adolescente, FIOCRUZ, 2020. Disponível em: http://www.iff.fiocruz.br/pdf/covid19_saude_crianca_adolescente.pdf. Acesso em: 16 set. 2021

Ministério da Saúde. Nota técnica n° 7/2021- COCAM/CGCIVI/DAPES/SAPS/MS: Orientações e recomendações referentes ao Manejo Clínico e Notificação dos casos de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P) temporalmente associada à covid-19. Maio, 2021. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/coronavirus/publicacoes-tecnicas/notas-tecnicas/nota-tecnica-no-7-2021.pdf/@@download/file/NOTA%20TÉCNICA%20Nº%207-2021.pdf. Acesso em: 16 set. 2021.

Boletim Epidemiológico n° 1-22/12/2020. Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P) em crianças e adolescentes com até 19 anos de idade, temporalmente associada à COVID-19. Disponível em: https://www.saude.go.gov.br/files//boletins/epidemiologicos/SIM-P/Boletim%20Epidemiológico%20S%C3%ADndrome%20Inflamatória%20%20Multissistêmica%20Pediátrica%20(SIM-P)%20nº%2001.pdf. Acesso em: 16 set. 2021.

Downloads

Published

2024-02-26

How to Cite

DE MEDEIROS, C. M. D.; DA CRUZ, A. B.; PINHEIRO, R. da G.; DOBRI, G. P. Epidemiologia da Síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica (SIM-P) no Brasil de 2020 a 2021. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 303–305, 2024. DOI: 10.46919/archv5n1-028. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/1589. Acesso em: 14 apr. 2024.

Most read articles by the same author(s)