Saúde Mental Infantil na Atenção Básica

Authors

  • Gabriela Campos Morais
  • Rayanne Pereira Mendes
  • Sabrina Kenia Alves de Toledo

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv5n1-026

Keywords:

saúde mental infantil, CAPS I, atenção básica

Abstract

A coordenação dos cuidados da Saúde Mental Infantil (SMI) se dá pela Atenção Primária à Saúde (APS), tendo como proposta um cuidado universal e uma assistência integrada (FERRIOLLI; MARTURANO; PUNTEL, 2007). Porém este acesso que se dá por ação do Programa Saúde da Família (PSF) ainda possui muitas falhas. Segundo dados no Ministério da Saúde (MS), o programa deve ser responsável por atender a 85% das demandas em saúde da população, no entanto, constatou-se que as demandas de saúde mental não têm sido uma prioridade (TANAKA; RIBEIRO, 2008). Em levantamentos oficiais, a prevalência de problemas mentais infantis está entre 12,7 e 23,3% no Brasil. O alto impacto das afecções psicossociais na infância torna imperativo a melhora da cobertura e da qualidade da assistência de saúde mental no país (FERRIOLLI; MARTURANO; PUNTEL, 2007).  Este trabalho visa elucidar a importância e os principais desafios na melhora da qualidade da atenção a SMI no Brasil.

References

COSTELLO, E.J.; EDELBROCK, C.; COSTELLO, A.J.; DULCAN, M.; BURNS, B.; BRENT, D. Psychopathology in pediatric primary care: the new hidden morbidity. Pediatrics; 82:415-422, 1988. Disponível em: < https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/3405677 >. Acesso em: 16 abr. 2019.

COUTO, M.C.V.; DUARTE, C.S.; DELGADO, P.G.G. A saúde mental infantil na Saúde Pública brasileira: situação atual e desafios. Rev Bras Psiquiatr.;30(4):390-8, 2008. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rbp/v30n4/a15v30n4 >. Acesso em: 19 abr. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-44462008000400015

FERRIOLLI, S.H.T.; MARTURANO, E.M.; PUNTEL, L.P. Contexto familiar e problemas de saúde mental infantil no Programa Saúde da Família. Ver. Saúde Pública vol.41 no.2 São Paulo Apr.2007. Disponível em: < https://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S0034-89102007000200012&script=sci_arttext&tlng=es >. Acesso em: 21 abr. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-89102006005000017

SOUSA, G.S.; SANTOS, M.S.P.; SILVA, A.T.P.; PERRELLI, J.G.A.; SOUGEY, E.B. Revisão de literatura sobre suicídio na infância. Ciência e Saúde Coletiva, 22(9):3099-3110, 2017. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/csc/v22n9/1413-8123-csc-22-09-3099.pdf >. Acesso em: 22 abr. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232017229.14582017

TANAKA, O.Y.; RIBEIRO, E.L. Ações de saúde mental na atenção básica: caminho para ampliação da integralidade da atenção. Ciênc. Saúde coletiva, vol.14, n.2, pp.477-486, 2009. Disponível em: < https://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S1413-81232009000200016&script=sci_arttext&tlng=pt >. Acesso em: 21 abr. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-81232009000200016

Downloads

Published

2024-02-26

How to Cite

MORAIS, G. C.; MENDES, R. P.; DE TOLEDO, S. K. A. Saúde Mental Infantil na Atenção Básica. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 295–298, 2024. DOI: 10.46919/archv5n1-026. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/1587. Acesso em: 14 apr. 2024.

Most read articles by the same author(s)