Anquiloglossia e suas implicações na saúde do bebê: uma revisão de literatura

Authors

  • Érica Amanda da Silva Lima Amorim
  • Ermerson Bruno Bezerra da Silva Souza
  • Malvina de Souza Pereira

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv4n4-016

Keywords:

anquiloglossia, freio lingual, recém-nascido, aleitamento materno

Abstract

A anquiloglossia é uma condição congênita, comumente conhecida como “língua presa”, que apresenta uma anormalidade anatômica na prega mediana da túnica mucosa, sendo essa responsável por ligar a língua ao assoalho da boca. Autores afirmam que qualquer alteração nessa estrutura pode levar à restrição dos movimentos, causando impactos na fala, na deglutição e problemas relacionados ao sistema estomatognático. Tendo em vista a importância do tema, este trabalho visa realizar uma revisão da literatura sobre a anquiloglossia, incluindo sua definição, diagnóstico, tratamento e implicações na saúde do bebê. A metodologia utilizada foi uma revisão de literatura do tipo integrativa de abordagem descritiva, onde os artigos aqui descritos foram pesquisados e selecionados através das bases de dados nas plataformas Cochrane Library, SciElo (Scientific Library Online) e PubMed (National Library of Medicine). Foram escolhidos utilizando os seguintes descritores: Ankyloglossia, Lingual Frenum, Infant, Newborn, Breast Feeding. Com o uso dos operadores booleanos AND e OR nas bases de dados, seguindo a seguinte string de busca: Newborn OR Infant AND Ankyloglossia OR Lingual Frenum. Os resultados reforçam a importância do diagnóstico precoce de anquiloglossia e apontam a eficácia da frenotomia na melhoria dos sintomas relacionados às implicações. A conclusão evidenciou que a anquiloglossia é uma condição complexa que pode ter impactos significativos na vida do bebê, porém mais estudos se fazem necessários para melhor embasamento científico.

References

MELO, Suely Falcão de Oliveira; LIMA, Adilson Soares de; FERNANDES, Ângela et al. Anquiloglossia: relato de caso. 2011. DOI: https://doi.org/10.21726/rsbo.v8i1.1046

BRAGA, Augusta dos Santos; SILVA, J.; PANTUZZO, C. Leal et al. Prevalência de alteração no frênulo lingual e suas implicações na fala de escolares. 2009. p. 378-390. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-18462009000700014

ARRUDA, Érica Maria Gomes de et al. Repercussão da anquiloglossia em neonatos: diagnóstico, classificação, consequências clínicas e tratamento. 2019.

POMPÉIA, L. E.; ILINSKY, R. S.; ORTOLANI, C. L. F.; FALTIN, K. Júnior. Ankyloglossia and its influence on growth and development of the stomatognathic system. Revista Paulista de Pediatria, São Paulo, v. 35, n. 2, p. 216-221, abr./jun. 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2017;35;2;00016

AGOSTINI, O. S. Teste da linguinha. Disponível em: <https://www.sbfa.org.br/fono2014/pdf/testelingui-nha_2014_livro.pdf>. Acesso em: 2014.

ARAUJO, M.; FREITAS, R.; LIMA, M. et al. Evaluation of the lingual frenulum in newborns using two protocols and its association with breastfeeding. Jornal de Pediatria, v. 96, n. 3, p. 379-385, 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jped.2018.12.013

WALSH, J.; WALSH, J.; MCKENNA BENOIT, M. Ankyloglossia and Other Oral Ties. Otolaryngol Clin North Am, v. 52, n. 5, p. 795-811, out. 2019. DOI: https://doi.org/10.1016/j.otc.2019.06.008

MARTINELLI, R. L. C.; MARCHESAN, I. Q.; GUSMÃO, R. J.; BERRETIN-FELIX, G. Effect of Lingual Frenotomy on Tongue and Lip Rest Position: A Nonrandomized Clinical Trial. International Archives of Otorhinolaryngology, v. 26, n. 1, p. e069-e074, jul. 2021. DOI: https://doi.org/10.1055/s-0041-1726050

CAMPANHA, S. M. A.; MARTINELLI, R. L. C.; PALHARES, D. B. Position of lips and tongue in rest in newborns with and without ankyloglossia. Codas, v. 33, n. 6, p. e20200069, jun. 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/2317-1782/20202020069

FRAGA, M. do R. B. de A.; BARRETO, K. A.; LIRA, T. C. B.; MENEZES, V. A. de. Diagnóstico de anquiloglossia em recém-nascidos: existe diferença na função do instrumento de avaliação? CoDAS, v. 33, n. 1, p. e20190209, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/2317-1782/20202019209

CAMPANHA, S. M. A.; MARTINELLI, R. L. de C.; PALHARES, D. B. Association between ankyloglossia and breastfeeding. CoDAS, v. 31, n. 1, p. e20170264, 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/2317-1782/20182018264

HILL, R. Implications of Ankyloglossia on Breastfeeding. MCN. The American Journal of Maternal Child Nursing, v. 44, n. 2, p. 73-79, mar./abr. 2019. DOI: https://doi.org/10.1097/NMC.0000000000000501

LIMA, A. L. X.; DUTRA, M. R. P. Influence of frenotomy on breastfeeding in newborns with ankyloglossia. CoDAS, v. 33, n. 1, p. e20190026, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/2317-1782/20202019026

Downloads

Published

2023-12-04

How to Cite

AMORIM, Érica A. da S. L.; SOUZA, E. B. B. da S.; PEREIRA, M. de S. Anquiloglossia e suas implicações na saúde do bebê: uma revisão de literatura. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 4, n. 4, p. 1248–1254, 2023. DOI: 10.46919/archv4n4-016. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/1478. Acesso em: 23 jul. 2024.

Most read articles by the same author(s)