Diagnóstico clínico e radiológico da amnésia global transitória: um relato de caso

Authors

  • Pedro Henrique Marciel Castro
  • Lya de Oliveira Coelho
  • Cecília Gurgel Lima

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv4n4-008

Keywords:

amnésia global transitória, exercício físico extenuante, discurso repetitivo

Abstract

INTRODUÇÃO: A amnésia global transitória (AGT) é definida como um quadro súbito de amnésia global não acompanhada de outros déficits neurológicos, com duração de duas a 24 horas e cuja recuperação ocorre espontaneamente. A incidência de AGT entre a população geral é de 5,2 a 10 por 100 mil pessoas por ano, ocorrendo mais comumente em maiores de 50 anos. Os pacientes usualmente descrevem atividades que precedem o início dos sintomas, como exercícios físicos extenuantes, imersão súbita em água, estresse ou manobra de Valsava. O diagnóstico é clínico, mas exames complementares, principalmente de neuroimagem, são úteis para dar suporte ao diagnóstico. A RNM é o exame de escolha e, nesse exame, o deslocamento de moléculas de água no espaço intersticial pode ser avaliado pela sequência de difusão DWI e constitui-se no melhor critério para a investigação das alterações que ocorrem no hipocampo de pacientes com AGT. CASO CLÍNICO: Uma mulher de meia-idade procurou atendimento médico devido quadro de esquecimento agudo após exercício físico em academia, sem outros déficits focais associados, com duração em torno de 7 horas. Paciente não recordava do que havia acontecido nesse período. Familiares relataram que paciente apresentava discurso repetitivo, não reconhecendo alguns familiares e realizando perguntas não habituais. Exame neurológico realizado 48 horas após o quadro não demonstrou alterações. CONCLUSÃO: A AGT acomete predominantemente idosos e, por ser uma doença da memória, muitos pacientes a relacionam à síndrome demencial. Apesar da fisiopatologia não ser totalmente elucidada, sabe-se que o prognóstico é benigno, sem correlação com risco de ataque isquêmico transitório (AIT) ou deterioração progressiva da memória e outras funções cognitivas, não necessitando de tratamento específico.

References

Caplan LR. Transient global amnesia. In: Handbook of Clinical Neurology, Vinken PJ, Bruyn GW, Klawans HL (Eds), Elsevier Science Publishers, Amsterdam 1985. Vol 1, p.205.

Quinette P, Guillery-Girard B, Dayan J, et al. What does transient global amnesia really mean? Review of the literature and thorough study of 142 cases. Brain 2006; 129:1640. DOI: https://doi.org/10.1093/brain/awl105

Sander K, Sander D. New insights into transient global amnesia: recent imaging and clinical findings. Lancet Neurol 2005; 4:437. DOI: https://doi.org/10.1016/S1474-4422(05)70121-6

Bartsch T, Deuschl G. Transient global amnesia: functional anatomy and clinical implications. Lancet Neurol. 2010;9:205- 14. DOI: https://doi.org/10.1016/S1474-4422(09)70344-8

Logan W, Sherman D. Amnésia global transitória. AVC. 1983; 14 :1005–1007. [ PubMed ] [ Google Acadêmico ] DOI: https://doi.org/10.1161/01.STR.14.6.1005

Downloads

Published

2023-11-14

How to Cite

CASTRO, P. H. M.; COELHO, L. de O.; LIMA, C. G. Diagnóstico clínico e radiológico da amnésia global transitória: um relato de caso. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 4, n. 4, p. 1187–1192, 2023. DOI: 10.46919/archv4n4-008. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/1449. Acesso em: 25 jun. 2024.