Existe associação entre redução da mobilidade segmentar e disfunções da coluna vertebral em aprendizes de curso técnico profissionalizante em mecânica geral?

Authors

  • Cátia Cielene Rocha da Silva Silveira
  • Nayanni Machado
  • Kristian Madeira
  • Daniela Kellen Fernandes Vitorassi Longen
  • Willians Cassiano Longen

DOI:

https://doi.org/10.46919/archv4n1-004

Keywords:

adolescência, coluna vertebral, , disfunção postural, dorsal

Abstract

O objetivo deste estudo foi investigar as relações entre hipomobilidade segmentar e as disfunções da coluna vertebral em adolescentes, com faixa etária entre 14 a 18 anos de idade do curso técnico de mecânica geral. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da Universidade do Extremo Sul Catarinense-UNESC sob o n. 341.092. A amostra foi composta por 100 voluntários do sexo masculino. Foram analisados os seguintes itens, força muscular, amplitude de movimento, flexibilidade e a postura, sendo utilizado como instrumentos de pesquisa, dinamômetros lombar e escapular, goniômetro, banco de wells e Fisimetrix respectivamente. O presente estudo identificou índice elevado de hipomobilidade na região dorsal quando comparado às regiões cervical e lombar. Houve um alto percentual de disfunção postural na amostra avaliada, sendo a hipercifose dorsal a que foi constatada com maior frequência. Entretanto, os resultados referentes à mobilidade e a presença de disfunções na coluna vertebral, não apresentaram associação.

References

Palluel E, Nougier, V, Olivier, I. Postural control and attentional demand during adolescence. Brain Res., 2010.

Filipini CB et al. Transformações físicas e psíquicas: um olhar do adolescente. Adolesc. Saude, Rio de Janeiro, v. 10, n. 1, p. 22-29, jan/mar, 2013.

Lemos AT et al. Hiperlordose lombar em crianças e adolescentes de uma escola privada no Sul do Brasil: ocorrência e fatores associados. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 28(4):781-788, abr, 2012.

Moura RO et al. Avaliação postural em escolares do ensino fundamental de escolas públicas e privadas de Teresina-PI. Rev. Ter Man. 2012; 10(47): 28-33.

Lima LRO et al. Perfil postural em escolares do 6° ao 9° ano, praticantes e não Praticantes de ballet clássico de uma escola da rede particular da cidade de Timon-MA. Revista Piauiense de Saúde v.2, n. 1, Ano 2013, 2-08.

Bueno R de C de S., Rech, R R. Desvios posturais em escolares de uma cidade do Sul do Brasil. Rev Paul Pediatr 2013;31(2):237-42.

Pereira A da S, Toigo AM. O peso da mochila escolar relacionado ao peso da criança: Análise em alunos de 1º ao 5º ano do ensino fundamenta l de uma escola particular de Canoas/RS - Brasil. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, ano 11, n. 38, out/dez, 2013.

Checheto S, Madeira K, Longen WC. Identificação do risco lombar no trabalho de empacotamento manual de sacas de arroz. Revista Produção Online, v. 16, 2016.

Noll M et al. Alterações posturais em escolares do ensino fundamental de uma escola de Teutônia/RS. Revista Brasileira Ci e Mov 2012;20(2):32-42.

Souza Junior JV et al. Perfil dos desvios posturais da coluna vertebral em adolescentes de escolas públicas do município de Juazeiro do Norte-CE. Fisioterapia e Pesquisa. São Paulo, v.18, n.4, p. 311-6, out/dez, 2011.

Santos LG, Madeira K, Longen WC. Prevalence of Self-Reported Spinal Pain in Brazil: results of the national health research. Coluna/Columna. 16(3), jul/set, 2017.

Heleno P da S et al. Prevenção das alterações posturais em crianças e adolescentes surdas e ouvintes das escolas de Divinópolis, MG. EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires - Año 18, n. 182, Jul., 2013.

Trelha CS et al. Conhecimento de pais de crianças pré-escolares sobre alterações e hábitos posturais. Pediatria Moderna Mar, 2013, v.49, n. 3.

Pereira D S. L. et al. Relationship of musculoskeletal pain with physical and functional variables and with postural changes in school children from 6 to 12 years of age. Braz J Phys Ther, 2013, July-Aug, 17(4):392-400.

Bacchi C de A et al. Avaliação da qualidade de vida, da dor nas costas, da funcionalidade e de alterações da coluna vertebral de estudantes de Fisioterapia. Motriz, Rio Claro, v.19 n.2, p.243-251, abr./jun. 2013.

Ferreira et al Influência de calços na orientação postural de indivíduos com escoliose idiopática. Fisioter Mov. 2013 abr/jun; 26(2): 337-48.

Murata Y, Utsumi T, Hanaoka E, Takahashi K, Yamagata M, Moriya H. Changes in lumbar lordoses in young patients with low back pain during a 10-year period. J Orthop Sci 2002; 7:618-22.

Magee DJ. Avaliação músculo-esquelético. 3a Ed. São Paulo: Editora Manole; 2002.

Bueno, Rita de Cássia de S.; Rech, Ricardo Rodrigo. Desvios posturais em escolares de uma cidade do Sul do Brasil. Rev Paul Pediatr 2013;31(2):237-42.

Guadagnin, Eliane Celina; Matheus, Silvana Corrêa. Prevalência de desvios posturais de coluna vertebral em escolares. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, ano 10, nº 31, jan/mar 2012.

Silva VS, Souza MT, Cubas JJM. Parâmetros para a avaliação postural em escolares com faixa etária de 10 a 14 anos. Revista Interfaces. Ano 2, n. 2, Out, 2010.

Macedo, Rosângela Aparecida Bertocco et al. Componentes da aptidão física e sua relação com a dor lombar inespecífica em adolescentes escolares do colégio de aplicação - Acre, Brasil. Fédération Internationale d’Education Physique - FIEP. v. 84, 2014.

Cruz A, Nunes H. Prevalência e fatores de risco de dores nas costas em adolescentes: uma revisão sistemática da literatura. Revista de Enfermagem Referência. III Série - n.° 6 - Mar, 2012.

Oliveira AC. Promoção de saúde e a funcionalidade humana. Rer. Bras. Promoção da Saúde. v. 26, n. 1, 2013.

Elias JP, Longen WC. Classification of Low Back Pain into Subgrupos for Diagnostic and Therapeutic Clarity. Coluna/Columna. v.19, 2020, 34-39.

Lafeta JC et al. Análise biofotogramétrica das principais alterações posturais da coluna vertebral em escolares. EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, Año 17, Nº 177, Febrero de 2013.

Downloads

Published

2023-01-16

How to Cite

SILVEIRA, C. C. R. da S.; MACHADO, N.; MADEIRA, K.; LONGEN, D. K. F. V.; LONGEN, W. C. Existe associação entre redução da mobilidade segmentar e disfunções da coluna vertebral em aprendizes de curso técnico profissionalizante em mecânica geral?. Journal Archives of Health, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 33–43, 2023. DOI: 10.46919/archv4n1-004. Disponível em: https://ojs.latinamericanpublicacoes.com.br/ojs/index.php/ah/article/view/1240. Acesso em: 17 jun. 2024.